3 BONS MOTIVOS PARA VOCÊ APOIAR O RED BULL PARANAUÊ (e um para não apoiar)

Em breve haverá as seletivas para a escolha do “capoeirista mais completo do mundo”, no Red Bull Paranauê, seja lá o que isso significa… 😉

É um marco, porque, até onde eu sei, é a 1a vez na história que uma grande empresa  promove um evento de Capoeira. Promove, não somente patrocina ou apóia.

Tem gente torcendo contra, e apresentam argumentos inteligentes e coerentes. Tem gente achando o máximo, sem enxergar nenhum problema. Polêmicas a parte, o evento será grande e promete atrair muita gente!

Então vamos aos 3 motivos de por quê acho que se deve apoiar o evento e 1 para não apoiar!

Motivo1: Competição na Capoeira não é novidade!

– Capoeiristas como Mestre Bimba e alunos ou os alunos de Sinhozinho fizeram competição de vale-tudo entre si e contra outras lutas e isso ajudou a promover a Capoeira desde, pelo menos, a década de 1930.

– Mestre Gato Preto ganhou uma competição de berimbau contra Mestre Canjiquinha, e isso deu notoriedade a ele e a Capoeira.

– O grupo Senzala ganhou 3 vezes uma competição que ajudou a divulgar a Capoeira, dando notoriedade nos jornais do RJ, na década de 60.

-As federações esportivas fazem competições de Capoeira desde o tempo do ronca e quem vai negar a importância que elas tiveram para o crescimento da Capoeira em SP, por exemplo?

– O pessoal mais novo não conheceu, mas os JEBS, competições feitas nas Universidades, ajudaram muito a consolidar a Capoeira em muitos locais do Centro-Oeste e do Nordeste, principalmente.

Motivo 2: Sempre existe O MELHOR

Ser melhor é subjetivo, por isso o que é melhor para um, não é para outro. Da mesma forma, o que achamos melhor num dia, no outro já não é, mas todo dia, a cada instante, tomamos decisões baseadas em juízos subjetivos de valor: “o que é melhor neste momento? Café ou suco? Cinema ou livro?”. Se perguntarmos para as pessoas, no fim de uma roda: “qual foi o melhor jogo da roda, na sua opinião?”, provavelmente ouviremos respostas diferentes, mas cada um está julgando baseado no que viu e sentiu ser melhor, segundo seus critérios pessoais. O negócio é que a Capoeira é uma arte e apreciação de arte é sempre subjetiva.

Qual o problema de reconhecer o MELHOR?

Não devemos ter medo de dizer que consideramos alguém o melhor na sua área. Numa lista dos melhores jogadores de futebol de todos os tempos, você tiraria Pelé? E numa lista dos grandes jogadores de Capoeira, alguém excluiria Mestre Cobra Mansa?

Assim como todos debatem sobre qual foi a MELHOR escola de samba do ano, ou o MELHOR filme que ganhou o Oscar, ou o MELHOR livro que ganha o PULITZER, haverá debate sobre quem foi o MELHOR ou mais completo Capoeira. Julgamento de arte, de qualquer arte, é sempre subjetivo! Mas ser melhor não é vergonha! Eu, capoeirista, tenho que reconhecer que tem muita gente que é melhor do que eu, em vários aspectos! Melhor de canto, melhor de jogo, melhor de toque… Que coisa boa! Posso aprender com eles! Não preciso ser o suprassumo das galáxias do berimbau quando tenho Rafael Xikarangoma para admirar como alguém melhor!

Motivo 3: A ancestralidade e o exemplo dos mais velhos.

Vários dos antigos estão lá no Red Bull Paranauê, começando por Mestre João Grande e Mestre Jair Moura, passando por Mestre Nenel e Mestre Itapuã, continuando com Mestre Jogo de Dentro, Mestre Virgílio, Mestre Lua Rasta e outros.

Julgar que os Mestres mais velhos estão sendo enganados ou que estão se vendendo é ignorar a inteligência, a visão de mundo e a capacidade crítica de nossos ancestrais culturais. Se eles estão lá, é porque apóiam a ideia e o conceito como algo positivo para a Capoeira em geral, mesmo não aplicando a mesma ideologia nos seus trabalhos.

RED BULL MANJA DOS PARANAUÊ?

O skate, o surf, o Jiu Jitsu, o MMA e até mesmo o samba, o rap, o hip-hop ou o rock são movimentos de massa que, ao serem midiatizados, anos atrás, tinham praticantes que se consideravam puristas, que afirmavam que a midiatização mataria a alma de suas artes. O que aconteceu? Justamente o contrário, uma projeção enorme, possibilitando o avanço dos artistas.

E a Capoeira com isso?

A Capoeira se projeta e carrega a todos em sua trajetória. Muitos criticaram quando do lançamento do filme “Esporte Sangrento”, do videogame Tekken, quando o Mestre Boneco vivia nos programas Globo ou mais recentemente, quando Mestres como Sabia ou Gege carregaram a tocha olímpica. Ainda assim, o crescimento proporcionado por estes fenômenos ajudou a Capoeira e consequentemente a todos os capoeiristas.

Não importa quem vai ser o campeão do Festival. Ele vai continuar sendo um capoeirista igual, melhor ou pior que qualquer outro. O bom é que, independentemente do campeão, todo mundo vai sair ganhando, inclusive quem está criticando.

UM MOTIVO PARA NÃO APOIAR

A Red Bull é uma empresa que faz parte do mundo capitalista, cujo objetivo é somente gerar lucro e renda. Se você não quer viver a contradição de apoiar o capitalismo, não apoie o Red Bull! Mas lembre-se que patrocínio da Petrobras é advindo de dinheiro sujo de outra empresa capitalista. Que edital de apoio do Governo Federal está envolvido com a sujeira política de sempre. Que o seu smartphone foi construído com mão-de-obra semi-escrava em algum país asiático e que absolutamente tudo que você come ou veste foi produzido na lógica da exploração do homem pelo homem. Não se vive no mundo real sem cair em contradição, pois questões complexas não são resolvidas com respostas simples.

CONCLUSÃO

Não é porque eu não faço competição e não compartilho do paradigma da competitividade é que não quer dizer que não haja coisas positivas nele. As contradições fazem parte da Capoeira e é sempre bom dialogar e fazer pontes com todos que a estão defendendo, mesmo que eu discorde em muitos aspectos. Afinal, eu levo em conta que posso estar errado.

No mais, o Capoeirista mais completo é aquele que tem coração pra sentir amor pela Capoeira como um todo, e não somente pela parte que lhe toca.

Axé!

Ferradura

*****************************************************************************************************************************************

E você? Tem talvez 3 motivos para não apoiar e 1 para apoiar? Ou tem outras idéias a respeito? Comente e compartilhe para estarmos sempre debatendo e trocando ideias! Quem troca ideia sai com duas!

17 comentários sobre “3 BONS MOTIVOS PARA VOCÊ APOIAR O RED BULL PARANAUÊ (e um para não apoiar)

  1. Olá…
    A competição dentro da Capoeira é só mais uma vertente dessa rica cultura. Fui forjado dentro de uma academia de capoeira que viu nas competições um meio de se sobreviver apenas de capoeira, mas nunca deixando a parte cultural de lado. Hoje eu não trabalho a competição mas não demonizo quem goste. Meu único medo é que as competições acabem deturpando nossa arte luta, descaracterizando uma cultura tão rica.

    Axé a todos. Salve capoeira.

  2. Muito lúcido a sua interpretação do Campeonato patrocinado pela Red Bull . Quanto ao ponto negativo da Red Bull em ser uma empresa capitalista, na atual conjectura vivemos isso . Se não formos aceitar a Red Bull não podemos aceitar a Nike por exemplo , pois essa empresa tem seus navios negreiros lotados de criança ( escravidão infantil ) .
    O único ponto negativo que vejo é em relação a bebida , pois sabemos os danos que o produto pode causar no seu organismo se for consumido diariamente, mas cada um bebe o quer !
    A Coca Cola é prejudicial a saúde e está no mundo inteiro sendo umas das maiores empresas do nosso planeta .
    Como disse antes , a Red Bull está patrocinando o evento e cabe aos mestres direcionarem a campanha( 0u a competição) de um forma produtiva para a capoeira . Parabéns pelo texto !

  3. Um aspecto achei interessante nessa competição da redbull, que é a idéia do “capoeira mais completo”, que me parece que segue a orientação do Mestre Canjiquinha sempre repassada pelo Mestre Brasília aos seus alunos. Ele era contra a divisão da capoeira em tipos diferentes: Angola e regional. Ele dizia que a capoeira é uma só e o bom capoeirista tem que saber jogar rápido, lento, em cima, em baixo, jogo de dentro (fechado, sem espaço), samango (jogo de briga), “pãnha laranja no chão tico-tico” (brincadeira do lenço no meio da roda pra pegar com a boca), aberto, mandingado, com arma branca (navalha, facão, pau), etc. Acho que esse é um ponto pra se pensar, vocês não acham? Ainda que cada pessoa vá naturalmente desenvolver seu próprio estilo, privilegiando um jeito ou outro de jogar, parece um pouco limitante aceitar a divisão por estilos e treinar só um.

  4. A capoeira é um conjunto de muitos e muitos anos e não um ato de poucos minutos pra se tira o melhor.

    O melhor pra quem???? Pro sistema capitalista. Pra capoeira de fato e direito não há melhor ou pior e sim um sistema dominante que não nos da o que é de fato e direito. A verdadeira liberdade de irmos e formentos e infraestrutura pra arte NEGRA. Que por ser negra e mesmo assim agregando todas as cores desse nosso país, si assim possamos fala que é nosso. Não nos deixa implementa uma única lei aprovada em congresso a 10.639/2003.

    Nos der o direito realmente de fato da implementação da lei, lutemos por isso, que assim a Vitoria será de todos e não de um só.

  5. sou a favor ate porque a competição é uma forma de amadurecimento de qualquer esporte ,a partir do momento que um club de futebol sai da liga amadora para uma divisão profissional ela ganha merito e reconhecimento e mais pessoas torcendo por ela assim é a capoeira saindo do estagio amador para algo mais profissional muitos que estão criticando são os primeiros a fazerem torneios internos com inscrição de 5 reais pega o dinheiro e da o troféu de plastico pro esportista que esta ali colocando sua integridade física a prova .o Redbull paranaue nada mais é do que um evento para promover nossa arte e trazer mais apreciadores do nosso esporte para dentro das academias independente o simbolo ou estilo que você joga ,pois o leigo quer aprender capoeira e para ele tudo é capoeira enquanto ele não compreende como distingue um grupo de outro angola da regioná contemporâneo de estilizado capitães de barauna e assim sucessivamente . axé formado Felipe

  6. Mestre Ferradura, com todo o respeito a seu trabalho e a sua pessoa, mas a meu ver duas contradições são muito serias nesta proposta do Paranaue da Red Bull. Primeiro a de se julgar um capoeirista por apenas 40 segundos de jogo! Isso, sinceramente, é ridículo! Qualquer torneio de MMA dá mais tempo aos seus competidores do que esses 40 segundos! E, na boa, como misturar os estilos na mesma categoria de competicão? Como se pode pedir a um capoeirista regional que jogue angola ou o contrario, talvez ainda mais complicado – se pedir a um angoleiro que jogue Regional? Lamento que a necessidade financeira leve Mestres como Joao Grande e Jogo de Dentro a participarem e a legitimar um evento como esse. Nao sou totalmente contra uma competição de Capoeira, mas é preciso criterios minimamente razoaveis para que isso seja legitimo. Grande abraço.

  7. Caro Ferradura,
    tenho uma grande amizade com seu mestre e com vc, apesar de termos nos visto poucas vezes. admiro o teu trabalho com a Capoeira, tanto que incentivei minha filha a te procurar para treinar, quando ela estava estudando ai no Rio. Sei que o teu texto foi um pouco baseado naquilo que postei aqui no FB. bom ai vai a minha replica:

    Vou para 38 anos de envolvimento com a Capoeira. ja vi muita coisa nesse campo tanto no Brasil, como aqui na Europa.acho que isso me habilita a demonstra meu ponto de vista. Me considero um outsider no mundo da Capoeiragem.Um sem pedigree; tao pouco sou um purista ou fundamentalista e esse lance da “ancestralidade” quase sempre me da gastura. Parafraseando um Filosofo alemão famoso: Melhorar a Capoeira é a ultima coisa que devem esperar de mim. Não sou contra e nem a favor desse evento. A minha inquietação é mais filosófica do que outra coisa. Afinal o evento ja esta acontecendo e a red bull e capoeiristas que estão por detrás, na organização, não estão nem ai pra opinião de meia dúzia de gatos pingados. Mas o que me incomoda é essa tentativa de vende-lo, assim tao efusivamente como a Redenção da Capoeira com argumentos, slogans e banners do tipo, “isso vai ser bom pra todo!”, “vai trazer mais alunos!”, “vai abrir mais espaços!” etc. a esmagadora maioria dos mestres e professores que tive contato e que trabalham com capoeira aqui na europa, desenvolveram seus trabalhos de Capoeira com quase nenhum Sponsor oficial. Fizeram sim com muita energia e suor! uns com sucesso comercial relevante, outros com sucesso cultural/simbolico. Das frases ditas por Mestre Pastinha(que todo mundo gosta de usar), tem uma que eu gosto muito e que demonstra muita sinceridade. quando perguntado o que a Capoeira precisava ele respondeu: ” A capoeira de nada precisa, quem precisa seu eu!”. acho que da pra entender a relação com o que escrevi logo acima não?! O campo capoeiristico tem seus próprios troféus que são em sua maioria de capital simbólico. e esses troféus são definidos por aqueles que atuam nesse campo. e essa ideia do “capoeira mais completo” é um troféu que nós atores desse campo ja temos bem claro o que vem a ser. E disputamos esse troféu com unhas e dentes! mas não em 40 segundos, mas em 40, 50,60 anos e sem a ajuda de Redbull, Nokia, etc. então o que me dá gastura são esses processos sub-reptícios de alienaçao coletiva que o Capitalismo nos impõem. Por isso falei que via isso como mais um desses programas de qualidade de vida, de auto-ajuda que estabelecem um gabarito , tipo: faça isso, faça aquilo, que vc vai ser um capoeira completo e feliz. e todo mundo vai atras! Dai fica no “top of mind”, nos corações e mentes , essa imagem da Capoeira- relacionada ao Redbull ou outra coisa dessas.mas na verdade o banner da capoeira fomos NÓS que escrevemos e carregamos!
    Por isso acho que ficaria mais claro se neguinho dissesse: “Bom, a Redbull ta pagando bem que mal tem!” E que bom que estão pagando bem! afinal a “capoeira de nada precisa”..
    Mas as coisas são o que são….
    abraços

  8. Estive ontem na seletiva da Red Bull aqui no Rio de Janeiro. Fui ver. Confesso que me surpreendi, houve mais Capoeira do que eu imaginava que ia ter. Os coordenadores / jurados foram os Mestres Sabia, Paulinho Sabia, Levy e Ramos. A maioria dos jogos era no estilo Regional, o Berimbau acelerado, mas houve bons jogos, alguns mais cadenciados, boa Capoeira sim, e pra minha surpresa, um dos dois selecionados aqui no Rio foi um angoleiro, o Contramestre Ricardo, aluno de Mestre Manoel, do Grupo Ypiranga de Pastinha! O outro capoeira selecionado eu nao conheço, e nao peguei o nome dele. Conversei com os Mestres e com os organizadores, e achei que eles estão pelo menos bem intencionados, e querem que haja a melhor Capoeira possivel, mesmo num ambiente de competicão. Não houve violencia, houve jogos bem disputados. Houve a busca de se afirmar que a competição existe, mas que ela nao pode ser maior do que Capoeira em si, que nao se podia ter violencia no jogo, e que ali se avalia um momento, um jogo, e que a Capoeira é maior do que isso. Ainda ficam muitas questoes polemicas a serem discutidas – é valida misturar os estilos ou o mais correto seria fazer a competicão separando cada estilo, por exemplo? Como angoleiro nao sinto necessidade de jogar Regional, por exemplo. Acho que o marketing do “mais completo” é errado, por que nao da pra se avaliar isso em tao pouco tempo, mas poderia ser “o melhor da competição”, talvez. Enfim, pessoalmente, e até para minha surpresa, embora ainda hajam muitas questoes polemicas e aperfeiçoamentos que podem ser feitos, achei válida a iniciativa, dentro dos estreitos limites da proposta de uma competição, pois o jogo da Capoeira esteve ali presente, dignamente, e, quem sabe, a repercussao deste evento pode ajudar a abrir novos mercados de trabalho para os capoeiristas. Muitos anos atras entrevistei Mestre Joao Pequeno e ele me perguntou – “porque a Capoeira, com a força que tem, não está no “Fantástico”? Talves este seja um caminho para a Capoeira estar mais na midia e impulsionar seu crescimento. Vamos ver o que acontece.
    abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *